MOVAR

eXpendable BathyThermographs (XBTs)

65 transectos | 2004-08-29 a 2017-06-16

Sobre
Apoio
Objetivos

Sobre


Lançamento de um XBT.

Com início em 2004, este plano visa estabelecer atividades a serem desenvolvidas dentro do âmbito do Módulo I do programa GOOS-BR. Com o encerramento do World Ocean Circulation Experiment (WOCE) em 2002 a pesquisa oceanográfica de meso e larga escala, com aplicações para estudos climáticos, estará centrada em programas como o Climate Variability (CLIVAR) e o GOOS.

Pelas próprias características destes programas, as linhas mestras da pesquisa oceanográfica voltar-se-ão para o estudo e monitoramento da variabilidade oceânica em escalas mais longas de tempo (anos e décadas).

Estes estudos são fundamentais para melhorar a compreensão da já constatada influência dos oceanos no clima global.

Neste sentido, um aumento significativo do entendimento desta variabilidade pode ser obtido através de secções hidrográficas periódicas de alta densidade (i.e. obter perfis hidrográficos a cada ∼15 m.n. para regiões oceânicas e a cada ∼10 m.n. para regiões próximas às margens continentais) ao longo de uma mesma área num contexto semelhante aos programas que utilizam navios de oportunidade.

Neste contexto, foi constatado que a região compreendida entre a margem continental brasileira e a ilha de Trindade (ES) possui diversos fatores, científicos e logísticos, que propiciam e podem garantir o sucesso deste tipo de estudo.


Área de estudos.

Apoio

As atividades do MOVAR são apoiadas por varias instituições: FURG, UFBa, GOOS/Regional, Brazilian Navy, SeCIRM, CNPq e NOAA/AOML.


Sistema instalado no NDCC Garcia D’avila


Objetivos

Objetivo principal:
Este plano visa estabelecer atividades a serem desenvolvidas dentro do âmbito do Módulo I do programa GOOS-BR. Com o encerramento do World Ocean Circulation Experiment (WOCE) em 2002 a pesquisa oceanográfica de meso e larga escala, com aplicações para estudos climáticos, estará centrada em programas como o Climate Variability (CLIVAR) e o GOOS. Pelas próprias características destes programas, as linhas mestras da pesquisa oceanográfica voltar-se-ão para o estudo e monitoramento da variabilidade oceânica em escalas mais longas de tempo (anos e décadas).

Estes estudos são fundamentais para melhorar a compreensão da já constatada influência dos oceanos no clima global. Neste sentido, um aumento significativo do entendimento desta variabilidade pode ser obtido através de secções hidrográficas periódicas de alta densidade (i.e. obter perfis hidrográficos a cada ∼15 m.n. para regiões oceânicas e a cada ∼10 m.n. para regiões próximas às margens continentais) ao longo de uma mesma área num contexto semelhante aos programas que utilizam navios de oportunidade. Neste contexto, foi constatado que a região compreendida entre a margem continental brasileira e a ilha de Trindade (ES) possui diversos fatores, científicos e logísticos, que propiciam e podem garantir o sucesso deste tipo de estudo.

Objetivos específicos:
Conjugar as séries temporais de XBT (AX097) com o lançamento de bóias de deriva, de modo a compreender melhor a circulação nesta área e contribuir mais ainda para programas como PNBOIA, ARGO e do Global Drifter Program.

Comparar as informações da variabilidade de larga escala das observações in-situ com dados de satélite quase-sinóticos (SST, altímetro, etc.)


Linhas de alta densidade no Atlântico, AX97-MOVAR.